retorno do investimento em energia solar

Entenda melhor como funciona o retorno do investimento em energia solar

O retorno do investimento em energia solar é um assunto que engloba muitos outros fatores além de princípios ecológicos e sustentáveis — questões que têm valor imensurável para a preservação do nosso planeta. O ROI de um sistema fotovoltaico também constitui uma grande economia no orçamento doméstico ou empresarial. A produção de energia solar faz toda a diferença no bolso de quem escolhe adquirir essa tecnologia.

Para você ter uma ideia, a rentabilidade pode ser seis vezes maior do que a da poupança. Por conta do alto valor para gerar, transmitir e distribuir a energia hidrelétrica, em conjunto com a limitação na capacidade de fornecimento, o crescimento da utilização de outras fontes de energia renovável é uma grande tendência global. E o principal agente dessa mudança no Brasil é a energia solar.

Por isso, neste post, vamos explicar para você como se dá o retorno do investimento em um sistema fotovoltaico. Assim, você entenderá como aproveitar essa oportunidade. Leia e informe-se!

Por que investir em energia solar?

A energia solar apresenta uma ótima relação custo-benefício para os consumidores de imóveis comerciais, residenciais, industriais e rurais, por exemplo. Isso porque o valor da tarifa energética brasileira, quando comparado ao preço de um projeto completo para a instalação do sistema fotovoltaico, sai bem mais caro.

Entre as vantagens de investir em energia solar, está o fato de ela ser uma fonte energética limpa, abundante e infinita, que funciona em sistemas totalmente customizáveis de acordo com a necessidade da unidade consumidora. Veja mais algumas a seguir!

Sistema ecologicamente correto e reciclável

Um dos principais diferenciais da energia fotovoltaica é não ser agressiva ao ecossistema. Os módulos solares não contribuem para o aquecimento da Terra, porque não realizam a emissão de gases de efeito estufa.

Além disso, a energia solar não produz resíduos, em oposição aos combustíveis fósseis, que são poluentes, limitados e têm alto custo. Considerando todo o sistema fotovoltaico, a maior parte das peças para gerar, converter e armazenar a energia solar é totalmente reciclável, diminuindo o custo com o descarte de materiais.

Sistema modular e customizável

Um sistema de energia fotovoltaica é modular. Isso significa que ele pode ser dimensionado de acordo com as necessidades de cada cliente. Então, por ser flexível para a customização e a expansão, esse tipo de sistema é ideal para consumidores residenciais e para empresas de todos os portes.

Fonte de energia abundante

O Brasil é localizado geograficamente em uma posição que o permite receber altos índices de irradiação solar em todo o seu território. Isso nos coloca como uma das nações mais promissoras do planeta para a produção de energia proveniente do sol.

Quando somamos a isso o avanço tecnológico e a ampliação da quantidade de fabricantes e distribuidores que fazem parte desse setor, a tendência natural (e que já vem acontecendo) é a diminuição do valor de investimento para a aquisição de um sistema fotovoltaico.

O que é ROI e por que é importante calculá-lo?

ROI é a sigla em inglês para Retorno sobre o Investimento (Return On Investment). Trata-se de um indicador econômico indispensável para qualquer aplicação que você faça com o seu dinheiro, que pode ser a abertura de um negócio ou a compra de um sistema de energia solar.

Esse índice é importante por representar a correspondência entre o capital que foi investido e o retorno financeiro apresentado por qualquer projeto.

Então, a apuração do ROI atende a várias utilidades. Ele é usado para auxiliar na tomada de decisão em relação a um novo investimento, por ser o principal indicativo do potencial do aporte feito em relação ao retorno para a conta bancária do investidor.

Como calcular o retorno do investimento em energia solar?

O retorno do investimento em energia solar oscila entre 3 e 6 anos, sendo que esse prazo pode até ser mais rápido no caso de um sistema fotovoltaico de grande porte. À vista disso, podemos afirmar que a rentabilidade de investir na produção desse tipo de energia é bem maior do que outras aplicações financeiras. Ainda mais em tempos de constantes quedas na taxa de juros Selic, que rege a remuneração de grande parte dos papéis de renda fixa.

Em todo caso, é preciso compreender que o cálculo do ROI de energia solar é algo particular de cada projeto, por causa das características individuais de cada unidade consumidora. Saiba quais são as variáveis centrais que devem ser consideradas para que você encontre o tempo estimado de retorno desse investimento:

  • a tarifa energética;
  • a inflação de energia, ou seja, a oscilação da taxa;
  • o custo de oportunidade, quando comparamos o retorno do investimento em energia solar com outras aplicações do mercado de capitais;
  • variáveis técnicas, como eficiência dos módulos fotovoltaicos, nível de radiação solar da região, tamanho e posição do telhado, instalação das placas solares, entre outras;
  • valorização do imóvel.

Exemplo de ROI de energia solar

Suponhamos que você possua um imóvel de alto padrão, dentro de um condomínio, e que, nele, morem 4 pessoas. A casa conta com aparelhos de ar-condicionado em todos os dormitórios e o aquecimento é solar.

O consumo energético é, em média, de 350 kWh mensais. Isso representa uma fatura de luz no valor de R$ 270,00 por mês, sem considerarmos os períodos mais quentes do ano, quando o gasto de energia aumenta, principalmente, por causa da climatização dos ambientes.

Nesse exemplo, o sistema capaz de gerar a energia suficiente para suprir as necessidades dessa propriedade custaria algo em torno de R$ 15 mil. Já a economia do período seria, aproximadamente, de R$ 210.

Então, fazendo a conta para um ano, considerando R$ 210 por mês x 12 meses, o consumidor pouparia R$ 2,5 mil. Ou seja, o prazo para retorno do investimento seria de apenas 5 anos. Depois disso, 100% da energia gerada representaria puro lucro. Levando em consideração que um sistema fotovoltaico tem vida útil de cerca de 25 anos, são quase R$ 48 mil de rentabilidade depois de reaver o capital aplicado.

Neste post, mostramos para você que o retorno do investimento em energia solar depende de diversas questões, especialmente quanto à capacidade de geração dos módulos fotovoltaicos. Mas, em todos os casos, o retorno do dinheiro para o bolso do comprador é garantido. No entanto, para otimizar ainda mais o ROI, é preciso cuidar adequadamente da manutenção do sistema, além de contar com uma empresa especializada para elaborar seu projeto e fazer a instalação correta.

A Expertise Energia tem a solução perfeita para você e para o seu negócio. Acesse nosso site e faça uma simulação grátis!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.